Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/12/19 às 18h06 - Atualizado em 21/12/19 às 18h06

Nosso Natal: ceia especial com tempero de felicidade

COMPARTILHAR

Comunidades aproveitaram festividade antecipada nos restaurantes comunitários da parte norte do DF, com direito a brincadeira e prestação de serviço 

 

 

“Natal tem gosto de felicidade”, diz, sem titubear, Wellington Júnior. Aos 8 anos, ele vê o clima de fim de ano como a oportunidade perfeita para todo mundo ficar feliz e diz que uma boa comida ajuda nesse sentimento. Amante de farofa, o menino aproveitou o acompanhamento da refeição feita pelas mãos de um renomado chef da capital ao custo de R$ 1. Ele e a família saíram cedo de casa para participar do Nosso Natal, evento que levou uma experiência natalina aos frequentadores dos 14 restaurantes comunitários do DF. Em Sobradinho e em Planaltina, a expectativa é que mais de sete mil refeições sejam servidas.

 

O pequeno Wellington aproveitou todo o evento em Sobradinho. Antes do almoço especial, comeu algodão-doce e pipoca e, curioso, aproximou-se de répteis levados pelo Jardim Zoológico com os irmãos Thiago e Vitória, de 9 e 4 anos. Os pais, Isabel e Wellington Marques, de 36 e 48 anos, aprovaram a iniciativa de transformar a experiência natalina de quem mais precisa. “Esse tipo de ação ajuda a promover um ambiente de harmonia, com menos violência, mais amor e paz”, disse a mãe, aposentada por deficiência física.

 

O menu foi preparado pelo chef Luis Brito. Ele começou a cozinhar aos 13 anos e aos dezesseis teve seu primeiro contrato assinado com um restaurante japonês. Atual chef executivo do restaurante Oliver, ele encarou o desafio de servir uma multidão carente. Foram três dias de preparação para produzir uma ceia diferenciada, incluindo pernil com cachaça e rapadura e frango com molho barbecue. Ele ainda levou a cortesia de uma sobremesa especial de queijo com goiabada.

 

“É emocionante poder proporcionar isso. Posso dizer que para quem já viveu assim, poder fazer pelos outros é gratificante”, disse o chef, que fez questão de ficar no salão enquanto as refeições eram servidas. O Chefe da Casa Civil, Valdetário Monteiro, o secretário de Mobilidade, Valter Casimiro, e o secretário adjunto de Turismo, Estevam Reis, arregaçaram as mangas e ajudaram a servir a comunidade.

 

“Esse projeto é uma das iniciativas mais louváveis. Poder saciar a fome com comida boa é magnífico”, disse Monteiro, equipado com avental e gorro feitos pelos alunos da Fábrica Social. “Foi excelente a oportunidade dada pelo governador Ibaneis Rocha de nós, secretários, participarmos desse momento especial”, celebrou Casimiro.

 

 

  • **Agência Brasília