Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/01/19 às 11h30 - Atualizado em 16/01/19 às 11h32

🆘Saúde avança com SOS DF

COMPARTILHAR

 

 

De acordo com dados apurados entre os dias 1º e 11 de janeiro, os institutos Hospital de Base (IHB) e de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF) já realizaram 261 procedimentos cirúrgicos (237 e 24, respectivamente). O número representa um aumento superior a 200%, se comparado ao período de 21 e 31 de dezembro de 2018.

 

Para viabilizar as operações, o trabalho das equipes médicas e de gestão tem sido constante. As primeiras cirurgias deste ano beneficiaram, preferencialmente, os pacientes já internados, que aguardavam as cirurgias nos corredores e enfermarias lotadas. Para dar mais agilidade, os anestesistas aprovados no último concurso público estão sendo convocados. Outra estratégia adotada é a contratação temporária de médicos da ativa e aposentados e o aumento da carga horária de vários profissionais.

 

Débitos atrasados

 

Para garantir o retorno imediato das cirurgias cardíacas em Brasília, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal iniciou o pagamento dos débitos com o ICDF. O primeiro repasse totalizou R$ 12,3 milhões. A medida contribuirá para as filas serem zeradas. Os transplantes de medula óssea também devem ter início em breve.

 

Dentro do SOS DF Saúde estão sendo renegociadas todas as dívidas do GDF com clínicas e hospitais privados locais, que voltarão a atender em parceria com a Secretaria de Saúde do DF e contribuirão para desafogar a demanda.

 

A Secretaria de Saúde do DF efetuou ainda os pagamentos atrasados para empresas prestadoras de serviços de hemodiálise, no valor de R$ 3,1 milhões referentes aos meses de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2018. Ainda falta o pagamento para outras empresas no valor de aproximadamente R$ 4 milhões, referente aos meses de agosto, setembro, outubro e novembro, e que será realizado tão logo as notas ingressem na diretoria financeira da pasta.

 

Reformas no Hmib

 

Outra ação do SOS DF Saúde é a autorização para a reforma do Hospital Materno Infantil (Hmib). Mais de 2,7 mil metros do espaço serão reformados nos próximos três meses. O hospital não passa por uma reforma estruturante há mais de 10 anos, recebendo apenas pequenos reparos pontuais.

 

As ações começaram nesta segunda-feira (14) com a troca do piso das áreas de circulação. Serão revitalizados também o Posto 4 e a área principal da unidade.

 

A obra será custeada com recursos de um convênio firmado em 2008 entre a Secretaria da Saúde e o Ministério da Saúde. Para a diretora Administrativa do Hmib, Glaucia Silveira, as reformas vão tornar o ambiente mais humano, acolhedor e adequado, tanto para os pacientes quanto para os servidores da unidade.

 

AGÊNCIA BRASÍLIA