Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/01/20 às 16h35 - Atualizado em 27/01/20 às 16h44

Serviços do GDF na palma da mão

COMPARTILHAR

“Vou ser o cara que vai transformar o Governo em empresa.” Com essa declaração, o governador Ibaneis Rocha autorizou a Casa Civil e a Secretaria de Economia a darem um importante passo para a assinatura de um convênio com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), que visa implantar uma nova Plataforma Digital, concebida pela Subsecretaria de Inovação da Casa Civil e desenvolvida pelo Serpro para o programa Brasília Inteligente.

 

Um dos principais benefícios dessa parceria é a criação de um aplicativo para dispositivos móveis e tótens de autoatendimento para que o cidadão possa ter todos os serviços distritais e federais na palma de sua mão. E melhor: a custo zero para os cofres públicos.

 

Em contrapartida, GDF e Serpro esperam arrecadar com a nova plataforma, uma vez que a colaboração com a iniciativa privada trará uma nova fonte de receita para ambos. O plano de negócios inicial dessa parceria estima uma arrecadação extra de R$ 400 milhões para os primeiros dois anos de funcionamento.

 

A plataforma adota conceitos de Inteligência Artificial, Identificação Facial, Assinaturas Digitais, Blockchain, Certificação Digital e avançada criptografia para comunicação e troca de dados. Simplificação e agilidade na prestação dos serviços públicos são as premissas do desenvolvimento.

 

Alertas

 

A plataforma emitirá alertas como, por exemplo, do vencimento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além disso, já começa a conectar o titular do documento com as clínicas regulamentadas pelo Detran, agendando o exame e eximindo o portador de apresentar toda a documentação de novo para iniciar a renovação. Basta fazer a validação deles, seja por reconhecimento facial ou pelo QR Code. Neste código constará todos os dados. O sistema beneficiará dessa forma, também, a vida do empresário, que poderá atender a mais pessoas.

 

Para reunir as informações do usuário no sistema, o Serpro terá acesso aos dados por meio das secretarias de Economia, Segurança e Mobilidade, entre outras. A ferramenta significará o fim das filas e da burocracia. Ele pode, enfim, agilizar a emissão do passe livre e a marcação de consulta em hospitais e UPAs (Unidade de Pronto Atendimento).

 

Para ter acesso a todos os serviços, o usuário precisa antes de tudo baixar o aplicativo – que deverá ser disponibilizado em breve – e validar os dados. O cidadão cria uma senha e um perfil, com seu endereço e número de telefone. Os serviços vão estar disponíveis para ele na palma da mão.

 

Inovações

 

Uma das inovações da plataforma será no transporte público, com a presença de um inteligente sistema de combate às fraudes, redução de custos e compliance em tempo real das viagens de cada usuário. Neste caso, Brasília será a pioneira entre as Unidades da Federação na adoção de Inteligência Artificial avançada para o relacionamento com o cidadão. Segundo o chefe da Casa Civil, Valdetário Monteiro, “a transformação digital com o objetivo de aproximar governo e cidadão é prioridade para o Distrito Federal”.

 

A Subsecretaria de Inovação da Casa Civil, por meio do subsecretário Paulo Medeiro, e a Secretaria de Economia, por meio do subsecretário Gastão Ramos, estão trabalhando em conjunto para finalizar os termos do acordo. Entusiasmado com a plataforma, o secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, sugeriu que as primeiras autarquias disponibilizadas no aplicativo fossem o Departamento de Trânsito (Detran) e a Economia. “As duas têm muita demanda. Se puder, começaremos por eles”, comentou Clemente.

 

*Agência Brasilia