Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/05/19 às 15h14 - Atualizado em 31/07/19 às 11h41

Sistema de Gestão de Ouvidorias registra recorde nos atendimentos

Os dados estão disponíveis no relatório do primeiro trimestre de 2019 da Ouvidora-Geral do DF

 

A Ouvidoria-Geral do Distrito Federal (OGDF), unidade da Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF), finalizou o primeiro trimestre de 2019 demonstrando superação em todos os dados analisados em comparação ao mesmo período de 2017 e 2018.  Os números e percentuais de crescimento das demandas registradas nesse período apontam para um novo recorde nos registros e atendimentos realizados pelo Sistema de Gestão de Ouvidorias do Distrito Federal (Sigo/DF), com 15% de crescimento no trimestre frente a 2018, ano do atual recorde de registros de ouvidoria, com 193.044 manifestações.

 

Mesmo com o aumento do número de demandas e diante de diversas dificuldades ocasionadas pela transição de governo, o Sigo-DF DF reagiu rápido, conforme pode ser observado na evolução mensal de todos os indicadores de desempenho no trimestre, em especial o Índice de Resolutividade – que registrou 35% em janeiro, 38% em fevereiro e 40% em março de 2019.

 

A CGDF, como órgão superior e normativo do Sigo-DF, editou o Decreto nº 39.723/2019, que estabelece medidas para garantir a efetividade da participação popular no aprimoramento dos serviços públicos prestados pela administração pública direta e indireta do Distrito Federal por meio das ouvidorias. Entre outras questões, o decreto trata da priorização das demandas de ouvidoria e previsão de ocorrências ou situações graves em relação a essas demandas, bem como da obrigatoriedade dos dirigentes máximos dos órgãos de relatar providências adotadas em relação às demandas.

 

Visando diminuir os entraves para a continuidade dos serviços de ouvidoria após a transição do governo, a OGDF deu início, em março deste ano, ao Programa de Formação em Ouvidorias, ofertando 60 vagas com prioridade aos novos ouvidores que assumiram os cargos em razão da troca de gestão. Durante o programa preparado para 2019, serão oferecidas mais de 550 vagas em 19 turmas, com a meta de capacitar os novos servidores e reciclar outros.

 

A confiança da população na rede de ouvidorias do DF registrou bons números, com índice de satisfação de 67% e 76% de respondentes que recomendam as ouvidorias do Distrito Federal.  Os dados mostram ainda que os cidadãos do DF estão exercendo cada vez mais sua participação e controle social, registrando solicitações, reclamações e denúncias, além de interagirem com o sistema por meio de pedidos de informações, sugestões e elogios. Só nesse primeiro trimestre, do total de 213.111 usuários, 32.672 novos usuários registraram manifestações no sistema.

 

AGÊNCIA BRASÍLIA*

 

Com informações da Controladoria-Geral do Distrito Federal