Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
25/03/24 às 9h58 - Atualizado em 25/03/24 às 9h58

Circuito Brasiliense Mulher reúne 2 mil participantes

Na tarde desse sábado (23), ocorreu o 1º Circuito Brasiliense Mulher, realizado no estacionamento do Parque Bosque do Sudoeste, que reuniu cerca de 2 mil mulheres em um evento marcado por atividades socioculturais, solidárias e de bem-estar. Promovido pela Secretaria da Mulher (SMDF), o circuito contou com acolhimento, caminhada e corrida pelo fim da violência contra a mulher.

 

Com o intuito de reforçar o compromisso com a luta pelos direitos das mulheres, o evento exclusivo para o público feminino proporcionou um momento de interação, com apresentações de bandas, palestras, distribuição de material informativo e aulas de dança.

A secretária da mulher, Giselle Ferreira, reforçou que o evento proporcionou um momento de integração que levou informação e bem-estar para as mulheres. “Precisamos estar perto delas, esse evento reforça o nosso compromisso de cada vez mais levar informação e acolhimento para atendê-las em todas as áreas em que estejam carentes”, disse.

 

Para que as mulheres pudessem aproveitar o evento, a ação contou com espaço kids com diversas atrações, como camas elásticas, garantindo a diversão dos pequenos durante todo o evento. Laura Martins, 27 anos, destacou a importância de iniciativas como essa. “Essa ação está apoiando e dando força não apenas à causa do combate à violência contra a mulher, mas a todas que envolvem mulheres. Quanto mais estímulo tiver, mais as pessoas vão se conscientizar”, disse.

Além disso, o circuito teve um propósito solidário: a participação estava condicionada à doação de, no mínimo, três pacotes de absorventes, que foram destinados a projetos específicos da Secretaria da Mulher. A estudante Tauane Araújo, 19 anos, enfatizou que o evento foi o primeiro em que pôde participar. “Me sinto animada em ver tantas mulheres reunidas por uma causa. É incrível e é muito bom saber que o Estado está cada vez mais buscando proteger as nossas mulheres”, concluiu.

 

*Com informações da Secretaria da Mulher do Distrito Federal (SMDF)