Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/09/21 às 12h36 - Atualizado em 3/09/21 às 12h35

Ferramenta de governança ajuda Casa Civil no planejamento de compras

COMPARTILHAR

Aline Félix – Casa Civil

 

As compras públicas são uma das áreas mais sensíveis da atividade realizada pela Secretaria da Casa Civil do Governo do Distrito Federal. Elas mobilizam e influenciam toda a secretaria, parte significativa da sociedade e da economia de Brasília. Por isso, cada vez que a pasta precisa adquirir um bem ou serviço, é necessário que se construa um planejamento com estratégias complexas.

 

Isso levou a Subsecretaria de Administração Geral a adotar uma ferramenta de governança que significará um salto no aperfeiçoamento do processo de governança da secretaria. Chamada de PAC (Planejamento Anual de Compras), ela vai suprir a organização com todos os insumos necessários para a realização das atividades nas unidades orgânicas da Casa Civil.

 

A ferramenta envolve a movimentação de recursos de maneira inteligente, impactando diretamente no processo econômico-financeiro. Ela atua diretamente no planejamento de compras da administração distrital, viabilizando uma economia de recursos essenciais para a sustentabilidade organizacional, além de um maior retorno sobre o investimento para todos os setores da secretaria.

 

Esse processo de aperfeiçoamento será iniciado com o levantamento das necessidades junto às unidades gestoras de contratos. Cada unidade orgânica, ou setor requisitante, deverá levantar e relacionar suas propostas de novas compras e contratações, além de listar as contratações de natureza continuada que serão renovadas no exercício seguinte. Isso dará a certeza de bons negócios pelo menor custo possível.

 

Ao permitir alinhar o resultado com a ampliação da efetividade das aquisições, o PAC vai oferecer, entre outras consequências positivas, ainda mais transparência e previsibilidade ao mercado fornecedor e proporcionar um atendimento de excelência às necessidades dos públicos interno e externo. O resultado disso será celeridade nas entregas e redução de custos e falhas, atingindo segurança jurídica, eficiência e eficácia do planejamento de custos.