Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Governo de Brasília promove encontro sobre coleta seletiva

A inciativa é apenas uma parte de uma série de encontros entre o governo e a sociedade

 

A primeira rodada de conversas entre o governo e a população sobre a coleta seletiva no Distrito Federal foi um sucesso. O bate papo reuniu, nesta terça-feira (24/10), no auditório do Centro de Ensino Médio Paulo Freire, na 610 norte, alunos do colégio, líderes comunitários e representantes da Secretaria da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, da Secretaria de Cidades e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

 

O Secretário Adjunto de Relações Institucionais e Sociais, Igor Torkarski, ao ver o auditório cheio de estudantes, cerca de 120, falou da importância da atuação deles e convocou os adolescentes a incentivarem esta causa que traz benefícios ao meio ambiente e aos catadores que dependem do correto descarte para conseguir vender os recicláveis, da onde vem a renda deles. “Vocês são os nossos principais multiplicadores! É importante que vocês transmitam seus conhecimentos para aqueles que vocês conhecem, seus amigos, vizinhos e parentes. Com certeza, dessa maneira, o processo de conscientização será acelerado e conviveremos em cidades muito mais agradáveis!”

 

O subsecretário de Relações do Trabalho e do Terceiro Setor, Márcio Gimene, ressaltou a importância de unir forças para melhorar a qualidade da coleta seletiva no DF e o secretário de Cidades, Marcos Dantas, reforçou o papel da juventude nesse processo. “Os jovens são multiplicadores, pois eles conseguem convencer os pais de como esse gesto de cidadania é importante para o meio ambiente e para as futuras gerações”, concluiu Dantas.

 

O tema coleta seletiva exige, em primeiro lugar, uma definição de lixo, de quem é a responsabilidade de descartá-lo corretamente, quais as obrigações do governo, dos fabricantes e do cidadão. Todas essas explicações quem deu foi a Assessora de Gestão Ambiental do SLU, Luana Cristeli Sena. Ela aproveitou o momento para dar dicas sobre o correto descarte e reutilização dos resíduos produzidos nas residências e no comércio.

 

Um outro detalhe importante ressaltado por Luana foi a questão da rota da coleta seletiva, afinal esse serviço ocorre em dias definidos. Por isso, ela mostrou que no site do SLU é possível cada morador verificar o dia que o caminhão da coleta seletiva passa. “Isso é fundamental. As pessoas precisam saber o dia certo de deixar esse lixo separado na porta de casa. Caso contrário, o caminhão que faz a coleta tradicional vai recolhê-lo e aí o trabalho de separação feito pelo morador terá sido em vão”, explica Luana.

 

O momento foi também de exibição de vídeos com depoimentos dos catadores, que falaram da importância do trabalho deles e chamaram a atenção para a importância de a sociedade participar à medida que separa tudo em casa. Foram apelos que sensibilizaram quem estava presente, entre eles a estudante Maria Natália Mesquita, de 16 anos. “Eu acho sempre muito bom trazer informações para dentro da escola. É um assunto do nosso dia a dia. Na minha casa a gente tem essa preocupação. Mas, eu acho que o trabalho dos catadores deveria ter mais importância, poderia ser mais valorizado”, opina.

 

Os líderes comunitários foram convidados e compareceram também para aprender e tirar dúvidas. Morador da Asa Norte há mais de 50 anos, Antônio Luciano de Morais, prefeito das quadras 405 e 406 norte, sabe que um simples gesto pode fazer toda a diferença. “Nas quadras, onde sou prefeito, isso é uma rotina. Cada morador já desce com um saco de lixo orgânico e outro não orgânico. Isso tem feito toda a diferença, tem deixado o local mais limpo e até reduzido o aparecimento de insetos e roedores. Iniciativas como essa de sentar para conversar e esclarecer as dúvidas são essenciais. A gente precisa cada vez mais dessa conscientização, esse é o caminho”, conclui o prefeito.

 

A rodada de conversas continua ao longo do ano. O próximo encontro está marcado para amanhã, dia 26 de outubro, no Centro de Ensino Médio Setor Leste, na 611/612 Sul, às 9h30 da manhã. Compareça você também!