Governo do Distrito Federal
22/12/21 às 10h00 - Atualizado em 22/12/21 às 10h00

Governo do DF ajudou 1.136 famílias com a casa própria neste ano

Cinquenta e seis famílias ganharam um belo presente de Natal. Nesta terça-feira (21), o Governo do Distrito Federal  (GDF) entregou chaves dos apartamentos do Residencial Júlio César Peres, localizado na QR 310, em Samambaia. Com isso, foram 1.136 unidades entregues à população em 2021 dentro da política habitacional, um aumento de 20% em relação ao ano passado.

 

Com a entrega das chaves de apartamentos do Residencial Júlio César Peres a 56 famílias, o governador Ibaneis completa 1.136 unidades residenciais entregues em 2021 | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

 

 

Em 2020 foram 944 entregas; neste ano, 1.136. Em 2019, 752. Os gestores que trabalham pela ampliação da oferta de moradia e pela redução do déficit habitacional sempre reforçam que a pandemia afetou o setor da construção civil, dificultando a obtenção de matéria-prima. Mas nem isso impediu que o GDF, pelas mãos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab-DF), aumentasse a oferta de moradias em seus programas.

 

“Isso é resultado do trabalho que estamos desenvolvendo desde 2019. Fizemos projetos lá atrás e agora estamos fazendo entregas”Governador Ibaneis Rocha

 

“Isso é resultado do trabalho que estamos desenvolvendo desde 2019. Fizemos projetos lá atrás e agora estamos fazendo entregas. Esperamos entregar mais 5 mil moradias no ano que vem”, afirmou o governador Ibaneis Rocha.

Esforço que foi ressaltado pelo presidente da Codhab, Wellington Luiz. “Iniciamos projetos do zero e tivemos quase dois anos de pandemia. Ainda assim, superamos tudo isso pra fazer essas entregas. São sonhos que as pessoas estão realizando com a ajuda do governo”, acrescentou Wellington Luiz.

 

Mais novo empreendimento de Samambaia, o Residencial Júlio César Peres é uma parceria entre a Codhab-DF e a Associação Habitacional Brilho da Moradia de Brasília (Assobrilho). Um condomínio destinado a famílias das faixas de renda 2 (renda mensal de R$ 2.600,01 a R$ 4.000,00) a 4 ( acima de R$ 7.000,01 a 12 salários mínimos). O prédio conta com apartamentos de 50,7 m², com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Cada morador tem direito a uma vaga na garagem.

 

“É uma emoção muito grande, a realização de um sonho sair do aluguel, e uma alegria ainda maior por se tratar de uma data especial como o Natal”Maria Luiza Alves Rodrigues, auxiliar administrativa

Uma das novas moradoras vive a expectativa de um Natal na casa própria. É a auxiliar administrativa Maria Luiza Alves Rodrigues, de 32 anos. “É uma emoção muito grande, a realização de um sonho sair do aluguel para a casa própria, e uma alegria ainda maior por se tratar de uma data especial como o Natal”, disse.

 

Para o administrador de Samambaia, Gustavo Aires, a cidade tem, em sua essência, o aspecto de abrigar famílias. “A Samambaia mantém seu legado de acolher a população. O governo avançou com as entregas de habitações no DF, que andavam paradas há alguns anos. Aqui na cidade atendemos a vários públicos”, analisou.

 

A construtora J.C. Peres foi a responsável pelas obras do residencial e cada unidade habitacional terá o valor de R$ 140 mil. Além disso, o empreendimento gerou aproximadamente 130 empregos.

Veja as entregas da Codhab em 2021:

  • Crixá 4 e 5 (São Sebastião) – 560 unidades habitacionais
  • Parque do Sol (Sol Nascente) – 88 unidades habitacionais
  • Empreendimento Remas (Recanto das Emas) – 160 unidades habitacionais
  • Residencial Júlio César Peres (Samambaia) – 56 unidades habitacionais
  • Crixá 6 (São Sebastião) – 272 unidades habitacionais (a ser entregue em 22/12)