Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/02/18 às 10h42 - Atualizado em 29/10/18 às 17h19

Vagas de estudo nos EUA para professores da rede pública

COMPARTILHAR

Educadores de língua inglesa que dão aula no ensino médio do DF podem concorrer a oportunidades de experiência internacional

Professores da rede pública de ensino do Distrito Federal podem se inscrever, até 2 de março, no Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Língua Inglesa. Trata-se de uma parceria com a Comissão Fulbright Brasil, patrocinada pelo Departamento de Estado do governo dos Estados Unidos.

A iniciativa, adotada no DF e em outras unidades da Federação, oferece aos educadores selecionados cursos de cinco meses no território americano. O programa é designado em inglês pela sigla DAI – Fulbright Distinguished Awards in Teaching Program for International Teachers.

Entre os objetivos estão:

  • Fortalecimento do ensino da língua inglesa
  • Promoção de melhores práticas metodológicas
  • Desenvolvimento de relações entre professores de várias regiões do mundo
  • Multiplicação de conhecimento nos países participantes

Os professores selecionados passarão um semestre acadêmico em uma universidade americana, na qual receberão aulas e treinamento intensivo em metodologias de ensino, planejamento, estratégias pedagógicas, liderança e uso de tecnologias em educação.

O professor Rosemberg Holz foi um dos escolhidos para participar do programa em 2017 e ficou um semestre em uma universidade do Arizona. Docente de duas unidades escolares em Ceilândia, ele considerou a experiência enriquecedora.

 

Condições para inscrição

Para participar do programa o professor deve:

  • Ministrar a disciplina de inglês no ensino médio de escola pública
  • Dedicar ao menos 50% de sua carga de trabalho em sala de aula
  • Ter formação (bacharelado ou licenciatura) em língua inglesa
  • Ter experiência em sala de aula por ao menos cinco anos
  • Ter fluência oral e escrita no idioma
  • Ter, no mínimo, mais dois anos de trabalho como professor de inglês, para poder compartilhar o aprendizado adquirido durante o intercâmbio

Os interessados devem entrar em contato com a Secretaria de Educação do DF, parceira da Fulbright, por meio do e-mail fulbrightdai.seedf@gmail.com. Os candidatos receberão um formulário que deve ser respondido e enviado novamente por e-mail até 2 de março.

Os inscritos passarão por seleção da secretaria, que utilizará critérios estabelecidos pelo programa. Cada unidade federativa parceira indicará quatro professores para a etapa nacional até 9 de março. Destes, 30 serão selecionados para a fase final, com prova de proficiência em inglês. Em 2017, sete professores de todo o País conseguiram a vaga internacional.

Os escolhidos passarão cinco meses nos Estados Unidos, de janeiro a maio de 2019. Entre os benefícios estão passagens de ida e volta e orientação na chegada aos EUA. Terão também assegurados:

  • Os custos e taxas para a participação no programa
  • Hospedagem (residência universitária compartilhada com outros participantes)
  • Seguro-saúde
  • Ajuda de custo para alimentação
  • Aquisição de um laptop para as atividades acadêmicas
  • Livros e outros materiais educacionais
  • Participação do seminário de encerramento em Washington

Eles terão ainda a oportunidade de submeter propostas ao Departamento de Estado americano de apoio financeiro para projetos educacionais relacionados ao aprendizado adquirido no programa.