Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
1/04/24 às 10h50 - Atualizado em 1/04/24 às 10h50

Projeto fortalece comunicação entre setores do Hospital de Base

O projeto Café com Ouvidoria tem melhorado a comunicação e aumentado a colaboração entre vários setores do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). Desde dezembro de 2023, a iniciativa é um espaço de diálogo e troca de experiências entre a equipe da ouvidoria e representantes de diferentes áreas.

A proposta do programa é promover um ambiente acolhedor e informal em que colaboradores e ouvidores possam compartilhar vivências, discutir projetos em potencial e aprimorar processos em parceria. A ouvidoria do HBDF, reconhecida pela alta demanda de atendimentos semanais – aproximadamente 50 -, destaca-se pela mediação comprometida e pela resposta assertiva às demandas dos cidadãos.

 

“O Café com Ouvidoria tem sido fundamental para compreendermos as demandas de cada setor e aprimorar nossos fluxos de trabalho, resultando em respostas mais qualificadas para o cidadão”, afirma a chefe da ouvidoria do hospital, Margarete Araújo.

O coordenador substituto da Coordenação de Transparência e Ouvidoria (Ctov), Leonardo Maciel, ressalta que “o Café com Ouvidoria é um projeto que tem gerado resultados positivos para os colaboradores e profissionais de saúde do IgesDF. O ambiente acolhedor reduz a formalidade, facilitando o entendimento dos desafios enfrentados pelos usuários e colaboradores”.

 

A iniciativa não só fortalece a interação entre os serviços, mas também promove uma compreensão mais profunda do papel da ouvidoria no controle social. Para os colaboradores e profissionais da saúde do HBDF, o projeto representa uma oportunidade única de aprendizado e integração entre as áreas administrativas e técnicas.

Um dos momentos marcantes do Café com a Ouvidoria foi o encontro com o núcleo de medicina nuclear, liderado por Danilo Souza. Para ele, compreender as dificuldades enfrentadas pela equipe foi essencial para identificar pontos de melhoria e garantir um serviço mais eficiente.

 

*Com informações do IgesDF