Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/03/21 às 17h13 - Atualizado em 4/03/21 às 17h13

Projeto Mulheres Hipercriativas já é sucesso de público

COMPARTILHAR

Mulheres interessadas em fazer um dos cursos gratuitos nas áreas de economia criativa não podem mais perder tempo. Desde que foram abertas as inscrições de 22 turmas do projeto Mulheres Hipercriativas, as vagas se esgotaram em menos de uma semana. Mas haverá uma segunda chance!

Tamanho sucesso do projeto, realizado pela Secretaria de Estado da Mulher do Governo do Distrito Federal e pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), com o apoio da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, que foi aberta uma fila de espera para quem ainda deseja ser uma aluna hipercriativa.

 

Ao longo do ano, serão ofertadas outras edições dos mesmos cursos. Por isso, as interessadas nas oficinas que já estão com as vagas preenchidas podem se inscrever em uma lista de espera e, assim, terem prioridade nas próximas turmas. Basta preencher um cadastro de pré-matrícula e, automaticamente, irão receber informações por e-mail quando forem abertas novas inscrições.

O projeto tem a proposta de capacitar 4 mil mulheres em todo DF, por meio de cursos on-line com temáticas que investem no talento criativo e empreendedor feminino. As inscrições podem ser feitas no site da OEI.

 

Na lista dessa primeira leva de possibilidades, foram oferecidos cursos nas áreas de marketing; de organização de eventos; de gestão financeira; de gastronomia e de empreendedorismo. Na prática, as alunas vão aprender como abrir um salão de beleza e fidelizar a clientela; fazer cerveja artesanal; fotografar de alimentos; fazer roupas dupla face; contar uma história usando técnicas literárias; produzir joias artesanais, além de outras.

“Isso só reforça o sucesso de um projeto como o Mulheres Hipercriativas, que já nasceu de uma forma extraordinária, pois é resultado do fortalecimento de uma rede de mulheres empreendedoras. Foram selecionadas as melhores propostas de cursos dentro da área da economia criativa, que serão oferecidos gratuitamente. Mesmo durante a pandemia, essas mulheres poderão se capacitar em casa, de forma segura, desenvolver seus talentos e sua criatividade em um mercado de trabalho extremamente promissor”, avalia a secretária Ericka Filippelli.

“Mesmo durante a pandemia, essas mulheres poderão se capacitar em casa, de forma segura, desenvolver seus talentos e sua criatividade em um mercado de trabalho extremamente promissor”

 

Professores

Os cursos serão ministrados por professoras-facilitadoras, empreendedoras do DF, que irão compartilhar seus conhecimentos com outras mulheres interessadas em empreender ou desenvolver uma nova habilidade. As professoras receberam treinamento específico por meio da coordenação pedagógica do projeto Mulheres Hipercriativas para repassar o conteúdo da capacitação na EaD. As oficinas terão 40, 20 ou 10 horas de duração e serão na modalidade a distância (EaD).

*Com informações da Secretaria da Mulher