Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/04/18 às 15h08 - Atualizado em 29/10/18 às 17h17

Sai a lista de aprovados na 1ª seleção do Instituto Hospital de Base

COMPARTILHAR

O resultado final foi publicado nesta quarta-feira (18). São 708 vagas

A lista divulgada é do resultado final, e não parcial, conforme informado anteriormente pelo Instituto Hospital de Base. Sendo assim, não há prazo para recursos.

Foi publicado nesta quarta-feira (18) o resultado final da primeira seleção do Instituto Hospital de Base. A previsão é que os aprovados comecem a ser convocados a partir da semana que vem.

São 708 vagas, pelo regime da Consolidação das Lei do Trabalho (CLT). Os cargos estão divididos em:

  • 477 técnicos de enfermagem
  • 128 enfermeiros
  • 40 médicos emergencistas
  • 27 médicos anestesistas
  • 20 cirurgiões do trauma
  • 8 médicos de clínica médica
  • 8 nefrologistas

Os candidatos deverão acessar o site do instituto para saber o local e horário de entrega dos documentos para a contratação.

De acordo com diretor-presidente do órgão, Ismael Alexandrino, o serviço prestado pelo hospital será beneficiado pelos novos profissionais.

“A expectativa é que possamos abrir novos leitos, aumentar o número de cirurgias e diminuir a sobrecarga e horas extras dos médicos e técnicos, principalmente no pronto socorro”, diz.

 

Carga horária será acertada na contratação

Para jornadas de trabalho de 20 horas, está prevista remuneração para técnicos de enfermagem de R$ 1.341 e para enfermeiros, de R$ 2.211,20.

Nas especialidades médicas, o salário é de R$ 8.050, com exceção para a área de clínica médica, cujo valor é R$ 7.344,01.

Alexandrino explica que a carga horária dos profissionais será acertada no momento da contratação, com salário proporcional – de acordo com as regras da CLT.

 

“O mais provável é que a quantidade de horas seja calculada em múltiplos de seis, para facilitar a organização das escalas”, esclarece.

O edital foi publicado em janeiro deste ano, junto a outro para vagas nas áreas administrativa e de assistência. Os certames foram suspensos por decisão judicial em março e retomados em abril.