Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/07/21 às 14h07 - Atualizado em 19/07/21 às 14h08

Sejus faz parceria internacional para formação de servidores do Socioeducativo

COMPARTILHAR

 

Inscrições abertas, até o dia 23 de julho, para o curso “Socioeducação como meio de responsabilização e emancipação de adolescentes”. A atividade é realizada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), por meio do Núcleo Gestor Distrital da Escola Nacional de Socioeducação, em parceria com a União de Cidades Capitais Ibero-Americanas (UCCI) e a Universidade de Brasília. O objetivo é aprimorar e aperfeiçoar a atuação profissional dos servidores do DF, além dos agentes públicos que atuam diretamente com este tema em São Paulo e Rio de Janeiro, cidades membros da UCCI no Brasil. O projeto foi submetido à convocatória da UCCI por indicação do Escritório de Assuntos Internacionais do Distrito Federal.

 

“Essa parceria internacional é uma conquista e fortalece a política de formação continuada aos servidores da carreira socioeducativa, possibilitando uma reflexão permanente da prática profissional”, afirma a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. Segundo o subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves, serão disponibilizadas 126 vagas, sendo 100 destinadas para o Distrito Federal. A estrutura curricular está sistematizada em quatro módulos interdisciplinares, que serão desenvolvidos de maneira articulada.

 

Para participar, basta clicar neste link.

 

As aulas começam no dia 2 de agosto e o encerramento está previsto para 30 de outubro. O curso será integralmente desenvolvido à distância, com participação simultânea e ao vivo em plataforma on-line e a presença dos professores conteudistCurso Socioeducação como meio de responsabilização e emancipação de adolescentesas. Haverá ainda leituras dirigidas dos materiais didáticos, vídeo aulas gravadas, fóruns de discussão, exercícios reflexivos e orientações remotas.

 

Os participantes do curso serão distribuídos em 5 turmas, com média de 25 participantes em cada. Cada turma será acompanhada por um tutor a distância que tem a função de prover o apoio e a orientação necessária para que os participaCurso Socioeducação como meio de responsabilização e emancipação de adolescentesntes explorem ao máximo o curso e alcancem um aprendizado significativo.

 

A avaliação será realizada a cada módulo por meio de atividades/trabalhos individuais e em grupo. Ao final do curso o resultado do processo de avaliação será expresso por menção em um único conceito que represente todas as atividades desenvolvidas nos módulos. O certificado digital de conclusão do curso será emitido pela Universidade de Brasília para participantes que obtiverem menção igual ou superior a MM e com 75% de frequência.

 

UCCI: A União de Cidades Capitais Ibero-americanas é uma rede de cidades, fundada em 1982. Atualmente é composta por 29 cidades, sendo Brasília membro nato da UCCI desde 1986, por meio do Escritório de Assuntos Internacionais.

 

Núcleo Gestor: O Núcleo Gestor Distrital da Escola Nacional de Socioeducação foi reestruturado por meio da PORTARIA Nº 712, DE 06 DE NOVEMBRO DE 2020, e possui como uma das suas finalidades desenvolver estudos para a implementação da Escola Distrital de Socioeducação.