Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/06/21 às 19h14 - Atualizado em 9/06/21 às 10h21

Tecnologia garante benefícios à população

COMPARTILHAR
Aline Félix | Casa Civil

 

O GDF tem desenvolvido várias ferramentas virtuais para facilitar a integração com os cidadãos, amplificando a comunicação em diversas plataformas de engajamento social e de inclusão, seja no acolhimento familiar, seja no empoderamento feminino. A subsecretaria de tecnologia da informação (Sutec), ligada à Casa Civil, é responsável por serviços que simplificam a relação da sociedade com o governo.

 

O Distrito Federal é, por exemplo, a única unidade da federação que desenvolveu um site para dar visibilidade ao programa de apoio às famílias em situação de vulnerabilidade. Mas o trabalho vai além: a Sutec administra 135 portais da administração direta e indireta do GDF, além de novas plataformas como o site do programa Criança Feliz Brasiliense e Observatório da Mulher.

 

Antônio Pádua – Subsecretário de Tecnologia da Informação. Apresentação dos portais: Criança Feliz Brasiliense e Casa Civil do Distrito Federal – Foto: Rodrigo Carvalho | Casa Civil DF

 

Todos estes sites têm seu formato pensado para facilitar a acessibilidade a políticas públicas de inclusão, com destaque para questões da comunidade com pouca visibilidade. “Antes de iniciar a construção de um website é importante que haja um planejamento do projeto dividindo-o em etapas para melhor organizar a execução das tarefas”, afirma o subsecretário de tecnologia da informação da Casa Civil do Distrito Federal, Antônio De Pádua Canavieira.

 

Outro projeto implantado com sucesso pela subsecretaria de tecnologia foi o novo formato do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Com este novo sistema, a Casa Civil tem total autonomia sobre o DODF, sem precisar terceirizar qualquer fase do trabalho. Isso gera uma economia anual estimada em R$ 1,2 milhão. “A ideia é aperfeiçoar a ferramenta cada vez mais”, destaca o subsecretário.

 

Este é um trabalho para oferecer o máximo de transparência das ações do governo e aproximar a sociedade da gestão governamental, ampliando as ferramentas digitais e democratizando o acesso às tecnologias da informação para a população do Distrito Federal.