Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/03/19 às 14h29 - Atualizado em 1/03/19 às 14h29

Transporte terá esquema especial no Carnaval

COMPARTILHAR
Foliões poderão circular tranquilos, observando os horários alternativos em vigor durante os dias de festa

 

O transporte público do Distrito Federal terá esquema diferenciado para transportar os foliões durante o Carnaval.  O Metrô-DF funcionará até a meia-noite e uma linha de ônibus especial foi criada para levar os foliões do Estádio Nacional de Brasília até a Rodoviária do Plano Piloto no horário de dispersão dos blocos.

A linha 109.7, que fará o trajeto entre o estádio e a rodoviária, circulará de sábado (2) até terça-feira (5), com tarifa de R$ 2,50. As demais linhas terão horário diferenciado. Na segunda-feira (4), os ônibus circulam com tabela horária de sábado e, na terça (5), com horários de domingo. Na quarta-feira de cinzas (6), os ônibus atendem com tabela horária de sábado até as 12h e com horário de dia útil à tarde.

 

funcionamento volta ao normal, das 6h às 23h30. O Metrô e a Polícia Militar do DF planejam estratégia de segurança para garantir uma volta à casa tranquila dos foliões.

 

Campanha

 

Na tentativa de evitar depredação nos trens e nas estações, a Companhia do Metropolitano do DF lançou a campanha “Hora de cair na folia! Só não vale quebrar o Metrô” para conscientizar os usuários sobre a necessidade de preservar o patrimônio público.

 

No ano passado, a empresa teve um prejuízo aproximado de R$ 50 mil, com vidros das janelas e portas dos vagões quebrados, acionamento sem necessidade do botão soco (de emergência) e de extintores de incêndio.

 

Uma das peças da campanha alerta que é crime o uso indevido do botão soco – dispositivo que só deve ser acionado em caso de extrema necessidade, pois a composição precisa parar para que o piloto verifique o que ocorreu.

 

As tabelas horárias das 833 linhas de ônibus do Distrito Federal podem ser conferidas no site do DFTrans.

 

AGÊNCIA BRASÍLIA

*Com informações do DFTRans e da Companhia do Metropolitano do DF

Foto: Agência Brasília